Conference

3rd NATO CYBER DEFENCE
SMART DEFENCE PROJECTS’ (CD SDP) CONFERENCE

Portugal, Lisboa, 27-28 abril 2017
Portugal, Lisbon, 27-28 april 2017

Conference

3rd NATO CYBER DEFENCE
SMART DEFENCE PROJECTS’ (CD SDP) CONFERENCE

Portugal, Lisboa, 27-28 abril 2017
Portugal, Lisbon, 27-28 april 2017

Conference

2413

Programa | Program

Programa | Program

Day 1 1Day 2 1

Selecione as imagens (Day 1 & Day2) para obter os respetivos programas em pdf. 

Inscrições | Registation

Inscrições | Registation

Inscrições em: https://3cdsdpconf.academiamilitar.pt/#Registration

Registration on: https://3cdsdpconf.academiamilitar.pt/#Registration

Antecedentes | Background

Antecedentes | Background

Antecedentes Nas últimas duas décadas, o mundo foi profundamente influenciado pela revolução digital e pelo rápido ritmo do desenvolvimento das Tecnologias de Informação e Comunicação. A Era da Informação trouxe um desenvolvimento económico e social sem precedentes, mas também criou novos desafios e riscos de segurança, principalmente devido à crescente dependência das modernas sociedades relativamente à Internet e ao ciberespaço. Tendo em conta que o ciberespaço não tem fronteiras físicas e atendendo ao crescente poder destrutivo e disruptivo das ameaças cibernéticas, a nova visão estratégica da NATO salientou a necessidade de criar uma capacidade cooperativa de Ciberdefesa (CD) para responder aos desafios atuais e futuros de segurança e defesa da Aliança Atlântica. De acordo com o Conceito Estratégico da NATO, adotado em novembro de 2010 em Lisboa, o conceito de Smart Defence procura estimular sinergias e promover os esforços de cooperação das Nações Aliadas, a fim de assegurar o desenvolvimento, a aquisição e a manutenção das necessárias capacidades militares. O conceito de Smart Defence é assim assumido pela NATO como uma forma de não duplicação e integração das iniciativas nacionais de desenvolvimento de capacidades (pooling and sharing), capaz de permitir uma melhor priorização e coordenação dos esforços em curso e a desenvolver entre a NATO e as Nações Aliadas. Na área da Ciberdefesa, já existem três Projetos de Smart Defence: o Multinational Cyber Defence Capability Development (MN CD2), o Malware Information Sharing Platform (MISP) e o Multinational Cyber Defence Education and Training (MNCDE&T). A Smart Defence NATO exige assim uma cultura de cooperação renovada e exige uma abordagem inovadora para melhorar a ciberdefesa da Aliança. A declaração conjunta assinada em Varsóvia em 8 de Julho de 2016 conferiu um novo impulso à cooperação estratégica NATO-UE, salientando a necessidade de adotar um quadro multidimensional (NATO-UE) e uma abordagem sinérgica (Smart Defence e Pooling and Sharing) para reforçar a complementaridade dos esforços conjuntos a desenvolver no domínio da Cibersegurança e da Ciberdefesa.

During the last two decades, the world has been deeply influenced by the digital revolution and the rapid pace of ICT developments. Information Age brought an unprecedented economic and social development but also created new security challenges and risks, mainly due to modern societies’ increasing network dependencies. Taking into account that cyberspace has no physical borders and attending to the growing disruptive and destructive power of cyber threats, the new NATO strategic vision highlighted the need of setting-up a cooperative cyber defence capability in order to meet current and future security and defence challenges. According to the NATO Strategic Concept, adopted in November 2010 in Lisbon, the concept of Smart Defence seeks to stimulate synergies and foster Allied Nations cooperative efforts, in order to ensure the development, acquisition and maintenance of the necessary military capabilities. Smart Defence is thus assumed by NATO as a way of non-duplication and integration of national capability development initiatives (pooling and sharing), capable of allowing a better prioritization and coordination of efforts between NATO and Allied Nations. In the area of Cyber Defence, there are already three Smart Defence Projects: Multinational Cyber Defence Capability Development (MN CD2), Malware Information Sharing Platform (MISP) and Multinational Cyber Defence Education and Training (MNCDE&T).NATO’s Smart Defence calls for a renewed cooperation culture and requires an innovative approach in order to better enhance the Alliance’s cyber defence. The joint declaration signed in Warsaw on 8 July 2016, gave a new impetus and substance to NATO-EU cooperation, highlighting the need to adopt a multidimensional framework (NATO-EU) and a synergetic approach (Smart Defence and Pooling & Sharing) in order to reinforce the NATO-EU complementarity of efforts on the field of Cyber Security and Cyber Defence.

Objetivos | Objectives

Objetivos | Objectives

Com base nos resultados encorajadores da 1ª e 2ª Conferências CD SDP da NATO, a 3ª edição desta Conferência pretende reforçar o desenvolvimento de sinergias, reforçar a complementaridade dos esforços NATO-UE no domínio da cibersegurança e da ciberdefesa e estimular a cooperação entre todos os Projetos de Smart Defence na área da Ciberdefesa. Neste âmbito, será dada especial atenção à cooperação da NATO com a indústria, com o meio académico e às novas oportunidades de cooperação NATO-UE no domínio cibernético. De acordo com esta ideia, os projetos relacionados com a Ciberdefesa (MNCD2, MISP e MNCDE&T) estão fortemente empenhados em unir esforços e trabalhar em conjunto com a indústria e o meio académico, construindo a necessária ponte entre as iniciativas internacionais e nacionais.
Building upon the encouraging results of the 1st and 2nd NATO CD SDP Conference, the 3rd edition of this Conference is intended to enhance the development of synergies, reinforcing the NATO-EU complementarity of efforts on the field of Cyber Security and Cyber Defence and stimulating the cooperation between all the Cyber Defence Smart Defence Projects. A special attention will be given to NATO’s cooperation with Industry and Academia and to new NATO-EU cooperation opportunities in the field of Cyber. In line with this idea, Cyber Defence related Projects (MNCD2, MISP and MNCDE&T) are strongly committed to join efforts and work together with industry and academia, building the necessary bridges between international and national initiatives.

Esta 3ª Conferência dos Projetos de Smart Defence da NATO tem os seguintes objetivos principais:

  • Reforçar a complementaridade dos esforços NATO-UE no domínio da Cibersegurança e da Ciberdefesa.
  • Em linha com a recente Declaração Conjunta NATO-UE, reforçar a implementação do conjunto de propostas comuns através da promoção de uma abordagem sinérgica (Smart Defence e Pooling and Sharing), nomeadamente nas áreas da Educação, Formação e Exercícios de Ciberdefesa.
  • Desenvolver sinergias e estimular a cooperação entre todos os projetos CD da NATO, a fim de fomentar novas iniciativas no âmbito deste cluster de projetos, bem como com a comunidade de CD em geral (por exemplo, nacionais, internacionais, académicos e industriais).
  • Discutir as competências e capacidades de ciberdefesa, a construção de um Currículo Cibernético e o papel das Universidades no desenvolvimento de um Grupo Académico Multinacional (Multinational Cyber Academia Group).
  • Promover um envolvimento e participação ativa da indústria e do mundo académico nos processos de desenvolvimento das capacidades de ciberdefesa NATO.
  • Promover uma cultura estratégica de cibersegurança e ciberdefesa, capaz de estimular sinergias nacionais e promover a cooperação entre Aliados. Este evento tem a intenção de oferecer um fórum alargado de discussão livre e aberta, proporcionando à indústria e ao meio académico uma oportunidade única para apresentar e discutir novas ideias, soluções e capacidades técnicas.

This 3rd NATO CD Smart Defence Projects’ Conference has the following main objectives:

  • Reinforce the NATO-EU complementarity of efforts on the field of Cyber Security and CD.
  • In line with the recent NATO-EU Joint Declaration, enhance the implementation of the common set of proposals by promoting a Synergetic Approach (Smart Defence and Pooling & Sharing), namely on the areas of Cyber Defence Education, Training and Exercises.
  • Develop synergies and stimulate the cooperation between all the NATO’s CD Projects in order to foster new initiatives within this Project’s cluster as well as with the wider CD community (e.g. national, international, academia and industry).
  • Discuss Cyber Defence Competencies & Skills, the building of a Cyber Curriculum and the role of Academia on the development of a Cyber Workforce.
  • Promote an active engagement and participation of industry and academia at NATO’s and National CD Capability Development processes.
  • Promote a Cyber Security and Cyber Defence strategic culture that may stimulate national synergies and foster Allies cooperation.
    This event intends to offer a free, open and wide discussion forum, providing industry and academia a unique opportunity to present and discuss new ideas, solutions and technical capabilities.

Folheto | Flyer

Folheto | Flyer

Mais informação sobre 3rd NATO Cyber Defence Smart Defence Projects’ (CD SDP) Conference aqui
More information about 3rd NATO Cyber Defence Smart Defence Projects’ (CD SDP) Conference here

Patrocinadores | Sponsors

Patrocinadores | Sponsors:

PLATINUM DOGNAEDIS Trend Micro Logo.svg PT empresas2017 04 26 180604

SILVER GMV1Check Point1edp1BRONZE DIGITALSKILLSBRONZE MRA