Ser Cadete é ser determinado como Soldado. A Formação Militar é a que realmente distingue e caracteriza o mundo militar. Será no aprumo, na exigente instrução militar, da ordem unida até ao empunhar a arma que se traça o perfil dos futuros Oficiais dos Quadros Permanentes do Exército e da Guarda Nacional Republicana.

Formações diferentes são ministradas aos Alunos do Exército e da Guarda Nacional Republicana, mas sempre com a preocupação de desenvolver nestes as competências técnicas, físicas e psíquicas, que contribuam para uma sólida formação militar, moral e cívica, tendo em vista incutir nos alunos os atributos de carácter, sentido do dever, honra e lealdade, culto da disciplina e as qualidades de comando inerentes à condição militar, conferindo-lhes a aptidão militar necessária de base para o cumprimento da profissão de Oficial do Exército e da Guarda Nacional Republicana.

A Formação Militar ministrada semanalmente, culmina em exercícios de campo, em que os conhecimentos e perícias dos Alunos são postas em prática, num ambiente o mais aproximado da realidade possível, fazendo uso dos meios, materiais e armamento em uso no Exército e na Guarda Nacional Republicana.

Conhece com mais detalhe:

Matérias da Formação Geral Militar

Matérias da Formação Geral Militar

A Formação Geral Militar (FGM) visa desenvolver nos alunos competências técnicas, físicas e psíquicas, contribuir para uma sólida formação militar, moral e cívica, tendo em vista incutir nos alunos os atributos de carácter, alto sentido do dever, honra e lealdade, culto da disciplina e as qualidades de comando inerentes à condição militar, conferindo-lhes a aptidão militar necessária de base para o cumprimento da profissão de Oficial do Exército e da Guarda Nacional Republicana.

O conteúdo programático de FGM inclui matérias de natureza teórica e outras de cariz essencialmente prático, sendo indispensável adequar o recurso tempo em função de cada Objetivo de formação. Os Objetivos de formação, de cada uma das matérias a ministrar, encontram-se relacionados e quantificados, em tempos de formação, e distribuídos pelos períodos de formação prescritos para cada ano de curso. De um modo geral os módulos de FGM são:

  • Administração de Subunidades (ASU);
  • Armamento e Tiro (ATI);
  • Defesa Nuclear, Biológica e Química (NBQ);
  • Moral e Cívica Militar (MCM);
  • Informação e Contra-Informação (ICI);
  • Legislação Militar (LMI);
  • Normas de Vida Interna (NVI);
  • Ordem Unida (OUN);
  • Patrulhas (PATR);
  • Preservação e Proteção Ambiental (PPA);
  • Sapadores (SAP);
  • Saúde, Higiene e Primeiros Socorros (SHS);
  • Sobrevivência (SOB);
  • Técnica Individual de Combate (TIC);
  • Técnica de Combate de Secção (TCS);
  • Técnica e Procedimentos de Operações de Apoio à Paz e CRO (TPOAP/CRO);
  • Técnica Policial (TPOL);
  • Topografia (TOP);
  • Transmissões (TMS);
  • Vigilância do Campo de Batalha (VCB);
  • Contra-Vigilância do Campo de Batalha (CVCB).

Blocos de Formação Militar

Blocos de Formação Militar

Os Blocos de formação Militar (BFM) são exercícios de campo que visam a aplicação prática dos conhecimentos adquiridos durante o ano letivo, assim como promover os valores inerentes à vida militar, nomeadamente o espírito de sacrifício e a camaradagem. Em cada ano letivo realizam-se três BFM com realização estipulada no Calendário Anual de atividades.

No BFM1, os alunos recebem instrução e validam conhecimentos adquiridos, bem como, são constantemente avaliados relativamente ao seu desempenho em condições adversas, através da realização de diversas provas, destacando-se as provas topográficas e o tiro.

No BFM2 normalmente realizado como um exercício tático, onde é criado um cenário que reflita conflitos atuais, que permite consolidar conhecimentos, praticando os Objetivos específicos previstos na formação militar, com especial incidência na realização de patrulhas, Operações de Apoio à Paz e Operações em Ambiente Internacional. Possibilitando aos alunos desenvolverem também as capacidades de Comando e Liderança.

O BFM3 designado por exercícios finais são culminar de toda a FGM integrando também os objetivos específicos das Unidades Curriculares da Tática da Armas e Serviços do Exército e da GNR. Este exercício permite aos alunos porém em prática os conhecimentos adquiridos utilizando os meios ao serviço do Exército e da GNR.