Logo

Logo 1 cor bsn

PRÉMIO MÉRITO ACADÉMICO

Foi atribuido ao Tenente-General Abel Cabral Couto o prémio de Mérito Académico 2019

Diploma 2019

SÍNTESE BIOGRÁFICA
Tenente-General Abel Cabral Couto

1932 – Nascimento, freguesia de Mateus, concelho de Vila Real.
1949 – Conclusão do curso secundário, no Liceu de Camilo Castelo Branco, em Vila Real, com a classificação de 18 valores. Entrada na Escola do Exército.
1953 – Conclusão do curso de Artilharia, com a classificação de 15 valores.
1955 – Professor da Escola do Exército.
1958 – Casamento, com a Sra. Maria Miquelina Almeida Correia de Barros.
         – Curso de Promoção a Capitão na Escola Prática de Artilharia.
1959 – Mobilização para Moçambique, até 1963. Interrupção da frequência do 3º ano da licenciatura em Ciências Físico-Químicas, da Universidade Clássica de Lisboa. Professor da Academia Militar.
1963 – Curso Geral e Complementar de Estado-Maior, no Instituto de Altos Estudos Militares, com a classificação de “distinto”.
1966 – Docente no Instituto de Altos Estudos Militares.
1967 – Curso de “Emprego de Armas Especiais”, na USA Army School, em Oberamergau, com a classificação de “distinto”.
1970 – Adjunto e Chefe da Repartição de Operações do Comando-Chefe de Moçambique.
1973 – Docente, no Instituto de Altos Estudos Militares.
1974 – Adjunto do Gabinete do Ministro da Defesa Nacional.
1975 – Adjunto e Chefe da Repartição de Organização e Operações do Estado-Maior do Exército.
1977 – Comandante do Regimento de Artilharia da Serra do Pilar.
1978 – Docente, no Instituto de Altos Estudos Militares.
1979 – Curso Superior de Comando e Direção, no Instituto de Altos Estudos Militares.
1980 – Subdiretor do Instituto da Defesa Nacional. 1982 – Comandante da Zona Militar dos Açores.
1984 – Inspetor-Adjunto da Inspeção Geral do Exército.
1987 – Comandante da Academia Militar.
         – Professor Catedrático Convidado do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, da Universidade Técnica de Lisboa.
1989 – Diretor do Instituto da Defesa Nacional.
1993 – Professor Catedrático Convidado, do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, da Universidade Técnica de Lisboa.
2002 – Fim da docência.

OBRAS PUBLICADAS

Monografias

1. Elementos de Estratégia (2 vol ) - Lisboa, Instituto de Altos Estudos Militares, 1988. Artigos ou ensaios em Revistas e Colectâneas.
2. “Localização de objectivos: O método da marcação inversa” in Revista de Artilharia, nº 359/360, Jul/ Ago, 1955.
3. “A prancheta experimental” in Revista de Artilharia, nº 383 / 384, Jul / Ago 1957.
4. “Evolução dos métodos de tiro da artilharia de campanha” in Revista de Artilharia, nº 653 / 654, Jan./ Fev., 1980.
5. “Um contributo para a definição de uma estratégia estrutural portuguesa” in Revista Militar, nº 1/2, Jan / Fev, 1981.
6. “Defesa Nacional: alguns problemas conceptuais” in Nação e Defesa, nº 16, Out / Dez, 1980.
7. “Relações entre a Estratégia e a Política” in Nação e Defesa, nº 21, Jan / Mar, 1982.
8. “O ordenamento do território e a defesa nacional” in Nação e Defesa, nº22, Abr / Jun, 1982.
9. “Portugal e o reforço rápido das forças de defesa da Europa” in Revista Militar, nº 5, Set / Out , 1986.
10. “Portugal e a Espanha num novo quadro de segurança europeia” in Cadernos do IEP, nº2, 1987.
12. “Relações entre a Ciência, a Tecnologia e a Segurança” in VÁRIOS, Ciência e Defesa, Coimbra, Universidade de Coimbra, 1990.
13. “Portugal no actual contexto estratégico” in Boletim da Academia Internacional da Cultura Portuguesa, nº 18, 1991.
14. “A nova equação estratégica internacional” in VÁRIOS, O futuro da Defesa Nacional, Lisboa, Assembleia da República, Comissão da Defesa Nacional, 1991.
15. “A integração europeia e a defesa nacional” in Análise Social, vol. XXVII, nº118 -119, 1991.
16. “Os grandes desafios mundiais” in VÁRIOS, Portugal e o novo quadro internacional, Lisboa, Instituto da Defesa Nacional, 1992.
17. “A ONU e a segurança internacional” in Revista Militar, nº 2/3, Fev / Mar , 1994.
18. “O vector militar no quadro estratégico internacional” in VÁRIOS, Segurança europeia e mundial, Lisboa, Instituto da Defesa Nacional, 1995.
19. “O alargamento da OTAN” in VÁRIOS, XVII Colóquio de Relações Internacionais, Braga, Universidade do Minho, 1996.
20. “Armas de destruição maciça: a espada de Dâmocles” in Janus 98,1998.
21. “Proliferação e contra-proliferação” in Janus 98, 1998.
22. “A OTAN e a modernização do Exército” in Jornal do Exército, nº 472, Abr 99.
23. “O futuro da NATO: factores de coesão e de dissociação” in VARIOS, Portugal e os 50 anos da Aliança Atlântica, Lisboa, Ministério da Defesa Nacional, 1999.
24. “Cargas Críticas” in ANTUNES, J. Freire, Guerra de África, Lisboa, Temas e Debates.
25. “Três temas e três sínteses ou aforismos” in VÁRIOS, Embaixador Franco Nogueira: Textos evocativos, Porto, Civilização Ed., 1999.
26. “Segurança e estudos sobre a paz” in Nação e Defesa, nº95 / 96, Out / Inv, 2000.
27. “Na queda do Muro...” in Nação e Defesa, nº 100, Inverno, 2001.
28. “Um conceito estratégico para a UE: algumas questões- chave” in Revista Militar, nº12, Dez.2002.
29. “Raymond Aron e a teoria da estratégia” in Nação e Defesa, nº 111,Verão, 2005 e in TEIXEIRA, N. S., ALMEIDA, J. M. e GASPAR, €: ( Coord ), Raymond Aron: A paz e a guerra no século XXT, Lisboa, Ed. Cosmos, 2007.
30. “O Prof. Adriano Moreira e a cultura estratégica em Portugal” in PINTO, J. Filipe, Adriano Moreira — Uma intervenção humanista, Coimbra, Almedina, 2007.
31. “Posfácio” in ABREU, F e FERNANDES, A. H., Pensar a Estratégia, Lisboa, Ed. Sílabo, 2004.
32. “A alta violência urbana” in VÁRIOS, Seminários nacionais contra a violência, Lisboa, Fundação Pro-Dignitate, 2009.
33. “Que visão para a Defesa?: Portugal - Europa - NATO” in Nação e Defesa, nº 124, Outono / Inverno, 2009.
34. “A Estratégia, o Estado e a Nação” in Nação e Defesa, nº 124, Out / Inv, 2009.
35. “O militar português e a guerra” in VÁRIOS, 4 Academia Militar e a guerra, Lisboa, Prefácio Ed., 2010.
36. “Existe uma cultura estratégica portuguesa?” in “internet: http. // w.w.w.ieei.pt/ files/ Existe uma cultura estratégica portuguesa?
37. “A segurança do empreendimento de Cabora-Bassa” in Revista Militar, nº 2525 / 2526, Jun / Jul, 2012.
38. “A importância estratégica do Atlântico Sul” in Nação e Defesa, nº 132, 2012
39. “Estratégia Portuguesa na Guerra de África” in VÁRIOS, Marcelo Caetano — Tempos de transição ( Org. de M. Braga da Cruz e R. Ramos ), Lisboa, Porto Editora, 2012.
40. “Forças Armadas, Sociedade e Cidadania” in Revista Militar, nº 2531, Dez 2012.
41. “A Viragem Civilizacional em Curso: Algumas Consequências Estratégicas” in Nação e Defesa, nº 136, 2014.
42. “A crise dos refugiados sírios: uma grande manobra político-estratégica?” in Revista Militar, nº 2577, Out 2016.

Prefácios

1. ALVES, J. Deus, CRUZ, J. Sousa e NORTE, €. Guerreiro, Manual de Topografia, Lisboa, PF, 1988.
2. FERNANDES, A. H, O “homo strategicus” ou a ilusão duma razão estratégica?, Lisboa, Ed. Cosmos, Colecção Atena, 1998.
3. ABREU, Francisco, Fundamentos de Estratégia Militar e Empresarial, Lisboa, Ed. Sílabo, 2002.
4. VIANA, V: Rodrigues, Segurança colectiva: A ONU e as operações de apoio à paz, Lisboa, Ed. Cosmos, Colecção Atena,2002.
5. RIBEIRO, A. Silva, Planeamento da acção estratégica aplicado ao Estado, Lisboa, Prefácio Ed., 2004.
6. BEAUFRE, A., Introdução à Estratégia, Lisboa, Sílabo, CPE nº4, 2004.

Diversos

1. “In Memorian e evocação: Tenente-General Kaúlza Oliveira de Arriaga”, in Revista Militar, nº 2/3 , Fev/Mar, 2004.
2. “In Memorian e evocação: Major-General Prof. Doutor José Manuel Carrilho Ribeiro”, in Revista Militar, nº
3. “Professor Doutor Armando Marques Guedes — Um testemunho” in Revista Militar, nº 2529, Out 2012.
4. Editoriais in Nação e Defesa, nº 51 a nº 67 (incl).
5. Alguns artigos avulsos, de oportunidade, sobre questões estratégicas, no jornal Diário de Notícias.
6. Colaborou na elaboração dos seguintes Regulamentos Militares: Instruções do Obus 14 cm, m/1943, Lisboa, Direcção da Arma de Artilharia, 1956; Instruções Gerais sobre o Tiro de Artilharia, Lisboa, Direcção da Arma de Artilharia, 1958; e Regulamento de Campanha — Informações, Lisboa, Estado- Maior do Exército,1965.
7. Elaborou o Regulamento de Campanha — Operações, Lisboa, Estado-Maior do Exército,1971.
8. Prefácio e depoimentos in “Memória do IDN” - Col “Cadernos do IDN”, 2015.
9. “In Memoriam: Coronel Fernando Ferreira Valença” in Revista Militar, nº pp2563/4, Ago/Set de 2015.

LOUVORES, CONDECORAÇÕES E OUTRAS DISTINÇÕES HONORÍFICAS

Louvores

Condecorações

Outras distinções honoríficas

 

Fotos de: António Homem Cardoso | Academia Militar | CAVE
Copyright 2016 Academia Militar | Powered by mindshaker