PRÉMIO MÉRITO ACADÉMICO

São candidatos automáticos ao prémio Mérito Académico todos os ex-docentes da Academia Militar (AM), militares ou civis, que tenham lecionado na AM pelo menos durante três anos.

Os critérios de atribuição do prémio são definidos anualmente pela Comissão Executiva da Cátedra e devem privilegiar, alternadamente, diferentes áreas académicas.

A aplicação dos critérios será devidamente fundamentada com base na análise objetiva do percurso académico e profissional dos docentes e do seu contributo para o ensino ministrado na AM, assim como o seu contributo para o panorama científico nacional.

Os critérios de atribuição dos prémios, assim como a sua concreta atribuição, são publicados em Ordem de Serviço.

Foi atribuido ao Tenente-General Abel Cabral Couto o prémio de Mérito Académico 2019.

Diploma 2019

 

SÍNTESE BIOGRÁFICA
Tenente-General Abel Cabral Couto

1932 – Nascimento, freguesia de Mateus, concelho de Vila Real.
1949 – Conclusão do curso secundário, no Liceu de Camilo Castelo Branco, em Vila Real, com a classificação de 18 valores. Entrada na Escola do Exército.
1953 – Conclusão do curso de Artilharia, com a classificação de 15 valores.
1955 – Professor da Escola do Exército.
1958 – Casamento, com a Sra. Maria Miquelina Almeida Correia de Barros.
         – Curso de Promoção a Capitão na Escola Prática de Artilharia.
1959 – Mobilização para Moçambique, até 1963. Interrupção da frequência do 3º ano da licenciatura em Ciências Físico-Químicas, da Universidade Clássica de Lisboa. Professor da Academia Militar.
1963 – Curso Geral e Complementar de Estado-Maior, no Instituto de Altos Estudos Militares, com a classificação de “distinto”.
1966 – Docente no Instituto de Altos Estudos Militares.
1967 – Curso de “Emprego de Armas Especiais”, na USA Army School, em Oberamergau, com a classificação de “distinto”.
1970 – Adjunto e Chefe da Repartição de Operações do Comando-Chefe de Moçambique.
1973 – Docente, no Instituto de Altos Estudos Militares.
1974 – Adjunto do Gabinete do Ministro da Defesa Nacional.
1975 – Adjunto e Chefe da Repartição de Organização e Operações do Estado-Maior do Exército.
1977 – Comandante do Regimento de Artilharia da Serra do Pilar.
1978 – Docente, no Instituto de Altos Estudos Militares.
1979 – Curso Superior de Comando e Direção, no Instituto de Altos Estudos Militares.
1980 – Subdiretor do Instituto da Defesa Nacional. 1982 – Comandante da Zona Militar dos Açores.
1984 – Inspetor-Adjunto da Inspeção Geral do Exército.
1987 – Comandante da Academia Militar.
         – Professor Catedrático Convidado do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, da Universidade Técnica de Lisboa.
1989 – Diretor do Instituto da Defesa Nacional.
1993 – Professor Catedrático Convidado, do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, da Universidade Técnica de Lisboa.
2002 – Fim da docência.

OBRAS PUBLICADAS

Monografias

1. Elementos de Estratégia (2 vol ) - Lisboa, Instituto de Altos Estudos Militares, 1988. Artigos ou ensaios em Revistas e Colectâneas.
2. “Localização de objectivos: O método da marcação inversa” in Revista de Artilharia, nº 359/360, Jul/ Ago, 1955.
3. “A prancheta experimental” in Revista de Artilharia, nº 383 / 384, Jul / Ago 1957.
4. “Evolução dos métodos de tiro da artilharia de campanha” in Revista de Artilharia, nº 653 / 654, Jan./ Fev., 1980.
5. “Um contributo para a definição de uma estratégia estrutural portuguesa” in Revista Militar, nº 1/2, Jan / Fev, 1981.
6. “Defesa Nacional: alguns problemas conceptuais” in Nação e Defesa, nº 16, Out / Dez, 1980.
7. “Relações entre a Estratégia e a Política” in Nação e Defesa, nº 21, Jan / Mar, 1982.
8. “O ordenamento do território e a defesa nacional” in Nação e Defesa, nº22, Abr / Jun, 1982.
9. “Portugal e o reforço rápido das forças de defesa da Europa” in Revista Militar, nº 5, Set / Out , 1986.
10. “Portugal e a Espanha num novo quadro de segurança europeia” in Cadernos do IEP, nº2, 1987.
12. “Relações entre a Ciência, a Tecnologia e a Segurança” in VÁRIOS, Ciência e Defesa, Coimbra, Universidade de Coimbra, 1990.
13. “Portugal no actual contexto estratégico” in Boletim da Academia Internacional da Cultura Portuguesa, nº 18, 1991.
14. “A nova equação estratégica internacional” in VÁRIOS, O futuro da Defesa Nacional, Lisboa, Assembleia da República, Comissão da Defesa Nacional, 1991.
15. “A integração europeia e a defesa nacional” in Análise Social, vol. XXVII, nº118 -119, 1991.
16. “Os grandes desafios mundiais” in VÁRIOS, Portugal e o novo quadro internacional, Lisboa, Instituto da Defesa Nacional, 1992.
17. “A ONU e a segurança internacional” in Revista Militar, nº 2/3, Fev / Mar , 1994.
18. “O vector militar no quadro estratégico internacional” in VÁRIOS, Segurança europeia e mundial, Lisboa, Instituto da Defesa Nacional, 1995.
19. “O alargamento da OTAN” in VÁRIOS, XVII Colóquio de Relações Internacionais, Braga, Universidade do Minho, 1996.
20. “Armas de destruição maciça: a espada de Dâmocles” in Janus 98,1998.
21. “Proliferação e contra-proliferação” in Janus 98, 1998.
22. “A OTAN e a modernização do Exército” in Jornal do Exército, nº 472, Abr 99.
23. “O futuro da NATO: factores de coesão e de dissociação” in VARIOS, Portugal e os 50 anos da Aliança Atlântica, Lisboa, Ministério da Defesa Nacional, 1999.
24. “Cargas Críticas” in ANTUNES, J. Freire, Guerra de África, Lisboa, Temas e Debates.
25. “Três temas e três sínteses ou aforismos” in VÁRIOS, Embaixador Franco Nogueira: Textos evocativos, Porto, Civilização Ed., 1999.
26. “Segurança e estudos sobre a paz” in Nação e Defesa, nº95 / 96, Out / Inv, 2000.
27. “Na queda do Muro...” in Nação e Defesa, nº 100, Inverno, 2001.
28. “Um conceito estratégico para a UE: algumas questões- chave” in Revista Militar, nº12, Dez.2002.
29. “Raymond Aron e a teoria da estratégia” in Nação e Defesa, nº 111,Verão, 2005 e in TEIXEIRA, N. S., ALMEIDA, J. M. e GASPAR, €: ( Coord ), Raymond Aron: A paz e a guerra no século XXT, Lisboa, Ed. Cosmos, 2007.
30. “O Prof. Adriano Moreira e a cultura estratégica em Portugal” in PINTO, J. Filipe, Adriano Moreira — Uma intervenção humanista, Coimbra, Almedina, 2007.
31. “Posfácio” in ABREU, F e FERNANDES, A. H., Pensar a Estratégia, Lisboa, Ed. Sílabo, 2004.
32. “A alta violência urbana” in VÁRIOS, Seminários nacionais contra a violência, Lisboa, Fundação Pro-Dignitate, 2009.
33. “Que visão para a Defesa?: Portugal - Europa - NATO” in Nação e Defesa, nº 124, Outono / Inverno, 2009.
34. “A Estratégia, o Estado e a Nação” in Nação e Defesa, nº 124, Out / Inv, 2009.
35. “O militar português e a guerra” in VÁRIOS, 4 Academia Militar e a guerra, Lisboa, Prefácio Ed., 2010.
36. “Existe uma cultura estratégica portuguesa?” in “internet: http. // w.w.w.ieei.pt/ files/ Existe uma cultura estratégica portuguesa?
37. “A segurança do empreendimento de Cabora-Bassa” in Revista Militar, nº 2525 / 2526, Jun / Jul, 2012.
38. “A importância estratégica do Atlântico Sul” in Nação e Defesa, nº 132, 2012
39. “Estratégia Portuguesa na Guerra de África” in VÁRIOS, Marcelo Caetano — Tempos de transição ( Org. de M. Braga da Cruz e R. Ramos ), Lisboa, Porto Editora, 2012.
40. “Forças Armadas, Sociedade e Cidadania” in Revista Militar, nº 2531, Dez 2012.
41. “A Viragem Civilizacional em Curso: Algumas Consequências Estratégicas” in Nação e Defesa, nº 136, 2014.
42. “A crise dos refugiados sírios: uma grande manobra político-estratégica?” in Revista Militar, nº 2577, Out 2016.

Prefácios

1. ALVES, J. Deus, CRUZ, J. Sousa e NORTE, €. Guerreiro, Manual de Topografia, Lisboa, PF, 1988.
2. FERNANDES, A. H, O “homo strategicus” ou a ilusão duma razão estratégica?, Lisboa, Ed. Cosmos, Colecção Atena, 1998.
3. ABREU, Francisco, Fundamentos de Estratégia Militar e Empresarial, Lisboa, Ed. Sílabo, 2002.
4. VIANA, V: Rodrigues, Segurança colectiva: A ONU e as operações de apoio à paz, Lisboa, Ed. Cosmos, Colecção Atena,2002.
5. RIBEIRO, A. Silva, Planeamento da acção estratégica aplicado ao Estado, Lisboa, Prefácio Ed., 2004.
6. BEAUFRE, A., Introdução à Estratégia, Lisboa, Sílabo, CPE nº4, 2004.

Diversos

1. “In Memorian e evocação: Tenente-General Kaúlza Oliveira de Arriaga”, in Revista Militar, nº 2/3 , Fev/Mar, 2004.
2. “In Memorian e evocação: Major-General Prof. Doutor José Manuel Carrilho Ribeiro”, in Revista Militar, nº
3. “Professor Doutor Armando Marques Guedes — Um testemunho” in Revista Militar, nº 2529, Out 2012.
4. Editoriais in Nação e Defesa, nº 51 a nº 67 (incl).
5. Alguns artigos avulsos, de oportunidade, sobre questões estratégicas, no jornal Diário de Notícias.
6. Colaborou na elaboração dos seguintes Regulamentos Militares: Instruções do Obus 14 cm, m/1943, Lisboa, Direcção da Arma de Artilharia, 1956; Instruções Gerais sobre o Tiro de Artilharia, Lisboa, Direcção da Arma de Artilharia, 1958; e Regulamento de Campanha — Informações, Lisboa, Estado- Maior do Exército,1965.
7. Elaborou o Regulamento de Campanha — Operações, Lisboa, Estado-Maior do Exército,1971.
8. Prefácio e depoimentos in “Memória do IDN” - Col “Cadernos do IDN”, 2015.
9. “In Memoriam: Coronel Fernando Ferreira Valença” in Revista Militar, nº pp2563/4, Ago/Set de 2015.

LOUVORES, CONDECORAÇÕES E OUTRAS DISTINÇÕES HONORÍFICAS

Louvores

  • Oito de Comandante de Unidade.
  • 11 de Oficial-General.
  • Cinco do Chefe do Estado-Maior do Exército.
  • Um do Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas.
  • Três do Ministro da Defesa Nacional.

Condecorações

  • Grã - Cruz da Ordem Militar de Sant'Tago da Espada.
  • Grã - Cruz da Medalha de Mérito Militar.
  • Duas Medalhas de Ouro de Serviços Distintos.
  • Medalha de Prata de Serviços Distintos, com palma.
  • Três Medalhas de Prata de Serviços Distintos.
  • Medalha de Mérito Militar de 1º classe.
  • Medalha de Mérito Militar de 2º classe.
  • Oficial da Ordem Militar de Aviz.
  • Cavaleiro da Ordem Militar de Aviz.
  • Medalha de Mérito Militar de 3º classe.
  • Medalha de Ouro de Comportamento Exemplar.
  • Medalha de Prata de Comportamento Exemplar.
  • Grã - Cruz do Mérito Militar, com distintivo branco (Espanha).
  • Medalha Comemorativa de Campanhas e Comissões Especiais (Moçambique, 1961 -63).
  • Medalha Comemorativa de Campanhas e Comissões Especiais (Moçambique, 1971-72- 73).

Outras distinções honoríficas

  • Medalha de Ouro de Mérito Municipal (Câmara Municipal de Vila Real).
  • O Instituto de Estudos Superiores Militares publicou a obra “Estudos de homenagem a Abel Cabral Couto “ (2014).